Recanto de Alberto Valença Lima
A mente que se abre a uma nova idéia, jamais voltará ao seu tamanho original. (Albert Einstein)
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Meu Diário
02/07/2018 10h00
O perdão (EC)

Perdoar é uma terapia (Alberto Valença Lima)

Acorda Nathália com raiva, numa bela manhã de domingo. Frustrada porque levara da namorada, um bolo na noite passada.  Anita toda faceira, toca a campainha e espera. Nathália olha pela janela, e vê a namorada toda arrumada, com jeito de quem viera de uma bela noitada, com cara de sem vergonha, malandra e despudorada.

- O que você quer sua tratante?
- Quero te dar um beijo. Amanheci com saudade. Desce aqui!
Nathália contrariada, desce as escadas e abre a porta. E fala à queima-roupa: - Não quero beijo de mulher tratante. Volte pra festa onde estava.
Anita com um sorriso, diz para Nathália: - Vou te contar uma história, de uma conversa que Pedro teve com Jesus. Sabe sobre o que conversaram?

O perdão
De Alberto Valença Lima

Quantas vezes preciso perdoar o irmão?
Perguntou Pedro a Jesus de plantão.
Não até sete, respondeu Jesus à questão,
mas setenta vezes sete, concluiu ele o sermão.


Nathália recolheu toda sua agressividade e toda sua intolerância contra a namorada e deu um beijo nela. Mas disse em seguida: Você sabia que o amor e o perdão andam lado a lado? E que devemos nos proteger das muitas armadilhas que podem surgir em nossas vidas? Escute só esse poema.


O amor e o perdão
De Alberto Valença Lima

Se você não perdoa aquele que te ofendeu
como pode querer, ser por alguém perdoado
ao ofender a alguém, a quem você constrangeu?
Faça com os outros o que deseja para ser amado.


Pois muito bem, sua sabidinha, disse Anita para Nathália. Tenho um outro do mesmo autor que fala muita coisa sobre esse dom que nem sempre praticamos. E que pode trazer muito tormento na vida de uma pessoa. Por isso, devemos sempre estar preparados para perdoar. Escute só.

O perdão e seu tormento
De Alberto Valença Lima

Ressentimento, raiva e dor,
Só lhe causam sofrimento,
atraso de vida e falta de amor.
Só o perdão, extingue seu tormento.


É verdade. Mas muitas vezes, você fica com inveja das minhas conquistas e das minhas vitórias, disse Nathália para Anita. Precisamos superar esses obstáculos. Eles podem destruir nossa relação. Escute só.

A inveja e o perdão
De Alberto Valença Lima

Não te façam os invejosos, perder a razão.
Não agridas quem te inveja as conquistas
Antes, sê dele superior, e perdoa o irmão.
Tudo terá a ganhar, e ainda lhe darás uma lição.


Pois bem, disseram as duas ao mesmo tempo. Vamos viver o perdão. Não teremos nada a perder. De hoje em diante vamos ter como norma o que nos fala esse autor no poema a seguir, disse Anita. E Nathália começou a recitar o seguinte poema:


Por que perdoar?
De Alberto Valença Lima

Perdão é coisa que ajuda
a sempre libertar todos nós
você se beneficia, não se iluda
e os demais não terão um algoz.


E assim, viveram as duas felizes para sempre. E não mais foram algozes de ninguém.

*****
 


Publicado por Alberto Valença Lima em 02/07/2018 às 10h00
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Caminhos de mim R$10,00
Caminhos de mim (Poesia) R$38,50
Poesia, Palavra é Arte R$30,00
Musas de um Recanto com Letras, Flores e Poes... R$10,00
UBE - 60 ANOS R$20,00
Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneo... R$35,00
Os mais belos poemas de amor - Edição especia... 40,00
Antologia "Poesias sem fronteiras" (Esgotado) R$20,00