Recanto de Alberto Valença Lima
A mente que se abre a uma nova idéia, jamais voltará ao seu tamanho original. (Albert Einstein)
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Tenho percebido que, algumas pessoas deixam seus comentários sem nem sequer lerem o que estão comentando. Não me refiro só nos meus textos. Na grande maioria dos textos das pessoas que publicam aqui neste Recanto das Letras. Sim, porque quando visito uma página de alguém, não leio apenas o texto postado por alguém. Leio também os comentários (nem que sejam apenas os últimos, quando há várias páginas de comentários). E o que observo, são pessoas escrevendo coisas impessoais, sem consistência, sem correlação com o que estão comentando. Apenas para dizer que visitaram o texto.

Muito bem. É bom receber a visita dos demais. Mas as pessoas poderiam ser um pouco mais delicadas, atenciosas. Mostrar que, ao menos leu o texto que comentam. É muito melhor deixar apenas 10 comentários com alguma correlação com o texto do que 100 comentários sem nenhuma correlação. E pior ainda, quando é um comentário carimbo.

Claro que isso não é com todos. Muitos mostram, não só que leram, mas até enriquecem o texto com algum detalhe.

Outro dia, recebi a visita de alguém que escreveu mais ou menos assim: Muito bom o seu texto. Aproveito para lhe convidar para ler meu texto "tal". Mas o interessante disso, é que eu já tinha estado lá no texto tal e tinha deixado um comentário bem expressivo sobre ele. Ora, vamos e venhamos. O comentário da pessoa foi tão destituído de pensamento, de ação consciente, que sequer notou que não cabia o convite para conhecer o texto "tal". Se eu já o conhecia. E aquela pessoa deveria saber que eu já conhecia o texto dela pois, estava registrado lá meu comentário. Imaginem que falta de bom senso! Considero isso uma agressão.

Eu nunca fazia isso. Chegar na página de alguém para postar um comentário inócuo, sem minha impressão sobre o texto expressa. Mas a coisa tomou tal proporção, que resolvi "pagar com a mesma moeda", digamos assim. Então passei a dar a essas pessoas, o mesmo remédio, pra ver se elas se tocavam. Passei a fazer exatamente a mesma coisa que elas. Mesmo contra meus princípios. Só pra ver se com isso, as pessoas se tocavam.

Tem gente que é tão descompromissado(a) que tem um comentário padrão. Como um carimbo. É o mesmo comentário sempre. Para qualquer que seja o texto, para qualquer que seja o(a) Recantista cujo texto vão comentar.

Então, se vocês encontrarem algum comentário meu sem demonstrar alguma impressão minha sobre o texto comentado, com palavras genéricas que podem ser postas em qualquer lugar, pois vão se encaixar, podem ir atrás dos comentários daquela pessoa nos meus textos. Seguramente, são do mesmo tipo. Mas ao escrever isso aqui nesse desabafo, percebi que estou agindo errado. Não é "pagando com a mesma moeda" que consertamos o mundo.
 
I N T E R A Ç Ã O

"Ainda Bem Que Não Enquadro,
Nesse Desfocado Quadro,
Por Ver Que Cada Dado,
Que É Jogado,
Sempre Cai Sorteado,
Apesar De Ter Penado,
Com Tal Tipo De "Pecado"
Sinto Dó Do Colibri Desalmado,
Que Não Saiu Com O Bico Melado,
Além De Voltar De Coração Gelado.
Obrigado,
Por Ter Desabafado,
Rancor Guardado,
Coração Enrrugado,
Escrito, Mal Rebuscado.Aceite,
Meus Aplausos Como Azeite,
Banhe-Se E Deleite."

Da poetisa Vana Fraga deste RL, a quem agradeço pela linda e criativa interação, ao mesmo tempo que a parabenizo pela produção.

* * * * * * *

Visite minha página até o final deste mês de março, e registre sua impressão no meu livro de visitas, que retribuirei com 2 comentários em algum de seus textos. Endereço - www.alberto.prosaeverso.net

Clicando no link ao lado, abrirá o meu Livro de Visitas.
Alberto Valença Lima
Enviado por Alberto Valença Lima em 26/03/2018
Alterado em 27/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Caminhos de mim R$10,00
Caminhos de mim (Poesia) R$38,50
Poesia, Palavra é Arte R$30,00
Musas de um Recanto com Letras, Flores e Poes... R$10,00
UBE - 60 ANOS R$20,00
Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneo... R$35,00
Os mais belos poemas de amor - Edição especia... 40,00
Antologia "Poesias sem fronteiras" (Esgotado) R$20,00