Recanto de Alberto Valença Lima
A mente que se abre a uma nova idéia, jamais voltará ao seu tamanho original. (Albert Einstein)
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

Soneto para Lúcia Helena
Encontrei esse poema que não havia publicado na época e estou fazendo isso agora. Ele foi composto há dois anos. In 2016, June, 14th

Soneto para Lúcia Helena

Como te quero Lucia Helena!
Exalas perfume como alfazema
De tua beleza sutil tal qual açucena
Inebrias como as músicas de Viena.

Não estou te pedindo só para amar
Um carinho ou um gesto teu
É tudo que quero para sonhar
Só contigo, meu coração se aqueceu.

Agora que vamos juntos namorar
Com a lua dourada em nossa jornada
Pé ante pé nos flagramos a corar

Tuas mãos em meu rosto como uma fada
Afagam e acolhem minhas certezas
E dizem baixinho: me deixas abobada.
Alberto Valença Lima
Enviado por Alberto Valença Lima em 30/06/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Caminhos de mim R$10,00
Caminhos de mim (Poesia) R$38,50
Poesia, Palavra é Arte R$30,00
Musas de um Recanto com Letras, Flores e Poes... R$10,00
UBE - 60 ANOS R$20,00
Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneo... R$35,00
Os mais belos poemas de amor - Edição especia... 40,00
Antologia "Poesias sem fronteiras" (Esgotado) R$20,00