Recanto de Alberto Valença Lima
A mente que se abre a uma nova idéia, jamais voltará ao seu tamanho original. (Albert Einstein)
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Preciso de Férias (EC)

No passado eu vivia desejando férias. A afirmação lá na foto de cima é bem característica de pessoas estressadas e que vivem à beira de um ataque de nervos. Como seria bom hein? Passar o ano inteiro de férias. E o melhor, que isso se repetisse todos os anos. Isso é possível. Não é piada. Desde que me aposentei, vivo de férias. Trezentos e sessenta e cinco dias por ano, ano após ano.

Será que isso é bom?

No começo foi. Maravilhoso! Peguei uim avião e fui pra o Rio. Passei lá uns 20 dias. Passeei, fui ao cinema, ao teatro, à Copacabana, à Pedra da Gávea, peguei o bondinho da Lapa e fui até Santa Teresa. Passeei a valer.

Voltei pra casa e continuei passeando. Nessa brincadeira, viajei muito. Fui a lugares já visitados e outros, desconhecidos até então. Depois de uns seis meses nessa vadiagem, cansei. O que é que estou fazendo? Não posso ficar assim a vida toda! Resolvi então, voltar a trabalhar. 

Primeiro fiz um concurso para professor do Estado e fui classificado. Comecei a ensinar num colégio de subúrbio que só faltei sair de lá correndo. Os aluns eram, quase todos, verdadeiros marginais. Depois de dois meses, resolvi pedir demissão.

Como tinha concluído o curso de Direito e tinha passado na OAB, resolvi procurar um amigo para trabalhar com ele. Passei algum tempo lá, depois fui em busca de algo melhor. Abri o meu próprio escritório. Trabalhei alguns anos, mas não ganhava muito. Na verdade, estava pagando pra trabalhar, quando fui para ponta do lápis. Resolvi fechar o escritório e voltar a vadiar.

Como não  está na minha índole ser vagabundo, passei então a escrever. Foi quando descobri o Recanto das Letras. Desde então, não tenho mais parado de escrever. Coisa que já fazia lá no meu blog Verdades de um Ser mas  não tinha a mesma visibilidade daqui.

Enfim, se estiver precisando de férias, goze-a. Mas não queira viver de férias. Não vai lhe satisfazer por muito tempo.


*****

Este texto faz parte do Exercício Criativo - Preciso de Férias
Saiba mais, conheça os outros textos:
http://encantodasletras.50webs.com/precisodeferias.htm
Alberto Valença Lima
Enviado por Alberto Valença Lima em 18/07/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Caminhos de mim R$10,00
Caminhos de mim (Poesia) R$38,50
Poesia, Palavra é Arte R$30,00
Musas de um Recanto com Letras, Flores e Poes... R$10,00
UBE - 60 ANOS R$20,00
Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneo... R$35,00
Os mais belos poemas de amor - Edição especia... 40,00
Antologia "Poesias sem fronteiras" (Esgotado) R$20,00