Recanto de Alberto Valença Lima
A mente que se abre a uma nova idéia, jamais voltará ao seu tamanho original. (Albert Einstein)
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Como é o Brasil que queremos?

Ao senhor Jogon Santos, participante deste Recanto das Letras, ao final tem um recado meu, caso por aqui novamente apareça. Adiantando, isto NÃO É propaganda política. Apenas é um alerta aos brasileiros sobre o que está por vir. É uma colaboração com a vida futura de todos nós. Não estou convidando ninguém a votar em A ou em B. Apenas expondo um posicionamento e uma proposta que poucos conhecem.

Estamos a pouco mais de um mês para o mais importante acontecimento de uma nação - a eleição.
Infelizmente, devido às circunstãncias, mais da metade da população do Brasil, está descrente e descontente com o atual estado de cosias na política nacional. E isso é péssimo!

Primeiro porque muitos tendem a votar em branco ou anular o seu voto, achando que, com isso, irá eximir-se de participar do atual estado de coisas da política. Ledo engano. Qualquer que seja o seu voto, ele será decisivo para a vida que os brasileiros viverão nos próximos anos. Se você votar em branco, seu voto será destinado ao candidato que tiver maior número de votos. Explico. Não estou dizendo que votos em branco serão direcionados ou computados como votos do candidato majoritário. É que, se você vota em branco, deixa de votar em outras opções que poderiam reverter o quadro e evitar que candidato X ou Y vença. Se o candidato X ou Y for a melhor opção, ótimo. Seu voto foi útil. Mas, e se o candidato X ou Y que vencer for a pior das opções? Todos nós, estaremos pagando o preço do seu voto em branco. E se você anular seu voto, do mesmo modo pois, votos em branco e nulos não são sequer considerados. Mas eles são decisivos no sentido de que, deixam de beneficiar candidatos menos ruins que aqueles que aqueles que venceram o pleito.

Segundo porque a descrença e o descontentamento popular, impede que novas opções surjam. Quer pela divulgação de propostas diferentes, quer pela própria falta de participação da população nas discussões populares dos candidatos.

Analisando estas questões, resolvi me posicionar e oferecer o que tenho de melhor naquilo que já pesquisei. Com exceção do candidato João Amoêdo, todos os demais, são ou foram políticos. Isso é um forte indício de que irão, caso eleitos, fazer manter o status quo atual. Ao assistir a algumas apresentações do candidato João Amoêdo, pude constatar o NOVO e o VERDADEIRO em suas palavras. Este sentimento, só vivi duas vezes, ao longo de minha breve vida de 67 anos, mais de 50 portanto de participação na vida política do país. A primeira foi com Lula, na sua primeira candidatura, quando perdeu as eleições para FHC. Naquele ano, votei em Lula, pois acreditava que ele era a melhor opção. Posteriormente, vi que me enganara. A segunda foi agora, com o Amoêdo. Com uma diferença fundamental aí. Amoêdo não é nem nunca foi sindicalista. Seu partido criado por ele, o NOVO, não tem ligações nem com sindicatos, nem com políticos nem com a igreja. Então ele realmente traz uma proposta nova. O NOVO é realmente algo diferente.

Mas não quero que vocês se convençam só com minhas palavras. Vejam. Assistam aos vídeos que abaixo ofereço. Percam, ou melhor, usem um pouco de seu tempo, para ouvir o que o candidato João Amoêdo tem a oferecer. Vale a pena.

Se ele convencer vocês como convenceu a mim, ótimo. Caso contrário, vocês não terão perdido nada. Pelo contrário. Terão, a partir de então, argumentos para mostrar que ele é só mais um mentiroso como tantos outros que conhecemos. Clique nos links a seguir para assistir a cada um dos vídeos que reproduzem programas televisivos que apresentaram debates com o candidato João Amoêdo.

Não estou ganhando nada com isso. Apenas a satisfação de colaborar com o meu país. Sou um patriota convicto.

Programa Roda Viva

Programa Canal Livre da Rede Bandeirantes

Programa Hora do Voto da TV Gazeta de São Paulo

BTG Pactual digital - Empresa de divulgação do candidato

NOTAS:
1 - Por ser a que poderia ser mais tendenciosa, deixei para o final. Vejam que os repórteres das TVs independentes, se posicional até mais favoráveis, do que o próprio reporter do programa patrocinado pelo candidato.
2 - O senhor Jogon Santos, extremamente desrespeitoso e insociável, provavelmente petista, a julgar pelo seu comportamento, escreveu nos comentários o que a seguir transcrevo para o caso de ele também apagar o que escreveu, assim como fez com o que,atenciosamente, tinha postado lá no recanto dele.
3 - Como podem ver, o comentário publicado abaixo, foi realmente apagado pelo senhor Jogon na data de 28 ou 29 de agosto.
 
28/08/2018 13:47 - Jogon Santos
"Que ministério ele te prometeu? Quem se envolve com político ou em política das duas uma: ou está querendo arrumar a vida ou se já está bem, apenas quer aparecer. Duvido que qualquer um desses candidatos se tiverem a vida financeira devassada não acabem em cana. Desculpe, se não gostou apague, pois é o que vou fazer com seus comentários. Site de literatura não é lugar de propaganda política."

Respondendo:
 
Meu caro senhor Jogon Santos:
Não tenho e nem preciso de ministério algum do candidato Amoêdo. E o que estou escrevendo aqui não é, de modo algum, propaganda política. O senhor não devia julgar os outros pelo senhor ou pelos seus companheiros. Se o senhor ou seus companheiros se envolvem na política para angariar favores, eu não sou  assim. 
Existem ainda pessoas honestas nesse mundo. E não vou me expor para sua mesquinha e torpe personalidade mas, eu sou honesto e, acredito que o candidato Amoêdo também o seja. E tem propostas sérias. Basta assistir a qualquer um dos 4 vídeos que aqui disponibilizo aqui.
Estou, isso sim, cumprindo o meu dever de cidadão, que o senhor parece não saber o que seja, a despeito de sua idade. Já deveria ter aprendido isso.
Nem sequer conheço o candidato Amoêdo. Nunca tinha ouvido palar sobre ele até o dia em que assisti ao vídeo do programa Roda Viva. A partir de então, passei a pesquisar sobre ele e me convenci de que seria a melhor opção para nosso país.
Não entro também para política pois já estou muito velho para isso. Mas se tivesse a idade dos jovens de hoje, com a proposta deste candidato, não hesitaria em me filiar ao partido para concorrer a um cargo político. Não para mamar como fez Lula, Dilma e tantos outros. Mas para transformar o Brasil no país que desejamos.  Ou pelo menos, como desejam os homens de bem do Brasil. E não precisava ter me bloqueado. Bastava dizer que não queria mais que eu frequentasse sua escrivaninha e eu respeitaria.
Também não quero aparecer. Não preciso disso. O que já fiz na vida me satisfaz. Se continuo fazendo o que faço, é apenas para deixar para meus filhos e netos, um país melhor do que o que vivi.
 
Alberto Valença Lima
Enviado por Alberto Valença Lima em 28/08/2018
Alterado em 29/08/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Caminhos de mim R$10,00
Caminhos de mim (Poesia) R$38,50
Poesia, Palavra é Arte R$30,00
Musas de um Recanto com Letras, Flores e Poes... R$10,00
UBE - 60 ANOS R$20,00
Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneo... R$35,00
Os mais belos poemas de amor - Edição especia... 40,00
Antologia "Poesias sem fronteiras" (Esgotado) R$20,00