Recanto de Alberto Valença Lima
A mente que se abre a uma nova idéia, jamais voltará ao seu tamanho original. (Albert Einstein)
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

PRESIDENTE BOLSONARO

Salva
A
Dor

(Alberto Valença Lima)

*******
I N T E R A Ç Ã O

"E
Gera
DOR"

De autoria do poeta José Dagostim deste RL, a quem agradeço e parabenizo pela sua criação.
Para este poeta, o nosso novo Presidente irá gerar dor para muita gente.

Realmente, para os bandidos, ladrões e corruptos, sem dúvida ele vai causar muita dor de cabeça. Por isso que tem tanta gente apavorada por aí. Políticos desesperados e procurando um lugar para se esconderem.

Lamentavelmente, o senhor José Dagostim desautorizou a interação acima postada pelo comentário que ele deixou e já apagou. Isso é uma atitude bem própria dos petistas. Eles não admitem serem contestados. Querem dizer qualquer coisa mas, se são contrariados, ficam furiosos e a atirar pedras.

Deixo então aqui um recado para este senhor. Se o senhor não quer que seus comentários sejam expostos, que não os faça. Uma vez postados eles tornam-se públicos. Não posso provar que o senhor o postou pois o comentário foi apagado mas, o senhor próprio admite que fez o comentário, e reclama que não autorizou que ele fosse exposto. Logo o senhor está provando que fez o comentário.

Pois bem, eu vou deixa-lo aí só pra ver o que o senhor vai fazer. A autoria está atribuída e ninguém pode dizer que eu estou usando o comentário indevidamente. Não é plágio pois eu lhe atribuí a autoria. Qualquer pessoa tem direito de usar um texto que foi tornado público. Se o senhor não sabia disso, fique sabendo. O que eu não posso é tomar um texto de outro e dizer que fui eu que o escrevi. Mas não foi o que fiz. Então o texto vai continuar aí. Se estiver achando ruim me denuncie. E vamos ver se vão determinar que eu exclua o comentário postado.

Também não vou modificar os meus agradecimentos e parabéns a este senhor, que até então estava se comportando civilizadamente, embora com um pensamento diverso do meu.

Quanto aos eleitores de Bolsonaro, ele não teve só 1/3 dos votos não. Ele teve quase 70% de aceitação. Foram 68,9 milhões de votos num universo de 115,9 milhões. Quem votou em branco, votou nulo ou se absteve de votar, votou nele. O voto é obrigatório. É lei. Todos sabem disso. Se só tinham duas opções. Todos que não votaram no perdedor, votaram no vencedor. Quem vota em branco, se abstém ou vota nulo, vota com a maioria. Se não quisessem votar no Bolsonaro, teriam votado no outro.

Precavendo-me do que o covarde do senhor acima citado iria fazer, eu fiz um print de tela dos comentários deixados por ele nesta minha página aqui e os disponibilizo aqui para atestar que não menti nas minhas considerações acima. Estão abaixo dois prints de tela mostrando tudo que acabei de afirmar.


Esta primeiro print de tela acima mostra que os comentários foram deixados pelo senhor citado acima e que isto aconteceu na minha página aqui, como se pode notar pelo meu nome no topo da foto.



Neste segundo print mostra o conjunto dos quatro comentários deste citado senhor deixados aqui nesta página, inclusive o que ele próprio admite que não autorizou o comentário que eu publiquei que ele deixou aqui e apagou antes de apagar estes quatro acima e que depois apagou também. Ele pensava que apagando os comentários, iria poder me acusar de mentiroso, como os petistas fizeram com o nosso Presidente eleito Jair Bolsonaro.

Nota
Tive que reduzir a qualidade das fotos, para poder caber tudo no pequeno espaço reservado para a postagem, mas, se for necessário, tenho as duas fotos em boa resolução, que dá para ver perfeitamente, todo o conteúdo dos comentários.
Alberto Valença Lima
Enviado por Alberto Valença Lima em 30/10/2018
Alterado em 31/10/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Caminhos de mim R$10,00
Caminhos de mim (Poesia) R$38,50
Poesia, Palavra é Arte R$30,00
Musas de um Recanto com Letras, Flores e Poes... R$10,00
UBE - 60 ANOS R$20,00
Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneo... R$35,00
Os mais belos poemas de amor - Edição especia... 40,00
Antologia "Poesias sem fronteiras" (Esgotado) R$20,00