Recanto de Alberto Valença Lima
A mente que se abre a uma nova idéia, jamais voltará ao seu tamanho original. (Albert Einstein)
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

Brincadeira do poeta Alkas com alguns poetas e poetisas deste RL
Veja se o seu nome não está aqui.

TROCADILHOS AMÁVEIS

                 Quando estou enjoado
                 vou à Barmácia...

                 -Oi, me chamo Vitória...
                 - Eu João Pessoa...
      
                  Eu vi, todo mundo viu...
                  até o Cordô...
                 O Cordovil...

                 Ele não é corno...
                 é só Braúlio Manso...
,
    
                 No pomar catei pitanga.,
                mas eu queria era Camila...

                 Moro numa casinha branca,
                ele Castelo Branco...

                Eu sou avô, Paulo Paim...

                Na gripe, tomo vitamina C.
               Fábio Brandão, xarope...

               Eu sou até mais ou menos,
              só o ORPHEU LEAL...

                No rio conheci despachante
                Maurice... agora Beatriz Nahas,,,

               Aquele do Peru era meia boca
               só Aragón Guerrero...

                Não votei nele, mas votaria
                Suely Andrade...

                Fica comigo my girl,
                My Guel...

                Nem toda ela é flor,
               mas SANDRA ROSA...

                Apareceu nascida na glória
                de um domingo santo.
                Aparecida Ramos...

                ÓH! estrela do céu...
               és STELAMARIS...

                Psiu, caluda !
                CALADA EU...

                Ele não é o laranja
                do Alceu...
               Alberto Valença Lima...

               Melhor chá quem faz...
               Miguel Carqueija...!

              Em São Paulo quase
             tudo é oriundi...
            Só Maria Augusta Caliari
              originale... !

Autoria do poeta Alkas, deste RL, a quem, sensibilizado e honrado, agradeço pela lembrança do meu nome nesta brincadeira saudável e louvável.
Alkas
Enviado por Alberto Valença Lima em 05/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Caminhos de mim R$10,00
Caminhos de mim (Poesia) R$38,50
Poesia, Palavra é Arte R$30,00
Musas de um Recanto com Letras, Flores e Poes... R$10,00
UBE - 60 ANOS R$20,00
Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneo... R$35,00
Os mais belos poemas de amor - Edição especia... 40,00
Antologia "Poesias sem fronteiras" (Esgotado) R$20,00