Recanto de Alberto Valença Lima
A mente que se abre a uma nova idéia, jamais voltará ao seu tamanho original. (Albert Einstein)
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Postado o texto de número 666

Em setembro passado eu escrevi no Meu Diário na página do meu Recanto, um agradecimento após um registro de dois fatos importantes. Mas não o fiz aqui, nos textos da minha escrivaninha e, como só lê o meu Diário, quem visita a minha página em alberto.prosaeverso.net , muita gente que me visita não tomou conhecimento. Transcrevo abaixo, o texto que lá escrevi. Mas antes, quero fazer também um outro registro, que não está anotado em lugar algum mas, tendo os prints de tela do momento, posso saber, pela data dos prints, quando este momento aconteceu, para deixar aqui também esse registro. É o momento em que foi atingida a marca de 100 mil leituras  dos meus textos. Escreverei sobre isso após o texto que transcrevo abaixo, tirado do Meu Diário.


Hoje (13/09/2018),  foi postado o texto de número 666 com uma marca de mais de 101 mil leituras. Há apenas 7 meses (09/fev), eu marcava a postagem do texto 333 com uma marca de pouco mais de 70 mil leituras (71.715). Em apenas 7 meses foi dupliado o número de textos publicados e houve um aumento de quase 50% do número d e leituras. 

Quero agradecer a você que me visita por alcançar este patamar. É uma honra par a mim ter, em menos de 5 anos de permanência aqui no RL, mais de 100 mil leituras.

Sou muito grato a você que me visita. Volte sempre. Não só é uma honra como um grande prazer receber aqui seus comentários. 


Um abraço poético.
(Vide notas após a figura abaixo que comprova as marcas atingidas)






















Notas:
Sobre esta marca 666 quero destacar duas coisas:
1. Há alguns meses, quando postei a notícia da marca 333 sendo atingida, um recantista, Arjofe, recomendou nos comentários, que eu tomasse cuidado quando atingisse a marca 666. Não entendi , na ocasião, por qual razão ele dizia isso e fui pesquisar.

2. Descobri que há na bíblia uma referência a este número que é considerado o número da besta. 
Pesquisei mais e descobri que este número está mencionado no Apocalipse, onde é recomendado por João, que foi o autor deste texto, para quem for inteligente, decifrar este número, ou algo parecido. E que ele é atribuído a um homem.
Ao decifrar o número 666 descobre-se que este homem é Nero César, o sétimo imperador de Roma. E por que a besta?
Bem, a besta é porque a desgraça, estaria associada a uma monstro de sete cabeças (a besta) que seriam justamente, os sete imperadores de Roma.
Ora, pura besteira. O número 666 é um número como outro qualquer. E festejo sua marca nesta data.


A próxima comemoração será quando chegar no texto 999 ou seja, no texto 1000.  Mas com a atual comemoração, que divido com você, meu mais efusivo agradecimento a você que me visita.

M U I T O   G R A T O ! ! !

Pois bem, agora vou escrever sobre o momento em que foi atingida a marca das 100 mil leituras aqui no meu Recanto. Isto aconteceu em alguma hora do dia 05 de setembro de 2018. Por que eu digo isso?
Porque eu consegui captar o instante em que a marca de leituras estava em 99.999, que foi às 14h32 do dia 05. Não apareceu a marca dos 100 mil. Por quê? Porque como o RL só atualiza a página a cada 5 minutos, entre a hora da marca dos 99.999 e a marca seguinte, já tinha passado dos 100 mil. O outro print que está publicado logo a seguir, foi coletado no mesmo dia às 14h45. Já tinha ultrapassado a marca dos 100 mil.
Abaixo os dois prints de tela de momentos consecutivos do mesmo dia, o dia 05/set/2018.






Atualmente, isto é, em 15/nov/2018 às 23h55 minha página está com 111.149 leituras, tendo 908 textos publicados. Por essas marcas eu agradeço a você que me dá a honra de visitar meu Recanto e ler os rabiscos que escrevo. É sempre um grande prazer lhe receber. Sempre é motivo de festa ler seus comentários. Mais uma vez, muito grato. Muito grato mesmo!

E volte sempre.

Café de Minas, até pode ser especial,
No terraço, no quintal ou na sala lá em casa,
Lhe garanto que em Recife ele é fenomenal,
O abraço e o bom papo que ofereço extravasa.
 
Alberto Valença Lima
Enviado por Alberto Valença Lima em 16/11/2018
Alterado em 29/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Caminhos de mim R$10,00
Caminhos de mim (Poesia) R$38,50
Poesia, Palavra é Arte R$30,00
Musas de um Recanto com Letras, Flores e Poes... R$10,00
UBE - 60 ANOS R$20,00
Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneo... R$35,00
Os mais belos poemas de amor - Edição especia... 40,00
Antologia "Poesias sem fronteiras" (Esgotado) R$20,00