Recanto de Alberto Valença Lima
A mente que se abre a uma nova idéia, jamais voltará ao seu tamanho original. (Albert Einstein)
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Links
Textos
Roundel

Inicialmente, quero destacar que este texto está sendo aqui inserido por eu ter me interessado pelo assunto a partir da leitura sobre o mesmo assunto na página do poeta deste RL Chico Chagoso.

Ressalto que tudo que aqui estou escrevendo foi extraído da Wikipédia inglesa que pode ser acessada no link a seguir.

Roundel

Não devemos confundir o Roundel com o Rondel, já bem conhecido, e aqui neste RL muito particado. O primeiro é de origem inglesa. Já o segundo tem origem francesa. Mas só têm entre si uma pequena semelhança: ambos utilizam trechos da primeira estrofe na sua estrutura, e ambos têm três estrofes.

O Rondel (francês) é constituído por duas quadras e um quintilha.
Já o Roundel (inglês) é formado por três  tercetos, sendo que dois deles possuem um refrão, ficando portanto uma quadra.

O Roundel parece ter sido criado por Algernon Charles Swinburne (1837-1909). Ele foi um poeta inglês, dramaturgo, romancista e crítico literário.
Esta é sua foto aos 52 anos. Ele publicou diversos textos, tendo entre eles várias coleções de poesias. Contribuiu para a famosa 11ª edição da Enciclopédia Britânica e escreveu sobre vários temas de tabu como lesbianismo, ateísmo, sadomasoquismo. 
Aqui interessa destacar sua publicação A Century of Roundels (1833), dedicada a Christina Rosseti, uma poetisa inglesa que escrevia poemas infantis. Neste livro, entre os cem roundeis havia vinte e quatro sobre bebês ou crinças.

Mas afinal o que é o Roundel?
São três tercetos com a mesma métrica e rimas bem definidas. Possui uma forma fixa. As rimas são obrigatoriamente ABAR     BAB     ABAR onde R é um refrão incluído na primeira e última estrofes. E deve ter obrigatoriamente um título. O primeiro roundel tinha por título "The Roundel" (O Roundel).

A título de exemplo, vou transcrever a seguir este roundel e sua tradução. Notem que a rima é som e não grafia. Os sons das palavras que finalizam cada verso, rimam com as dos versos associados à mesma letra (A ou B). O R (refrão) rima com o segundo verso da primeira estrofe (B).
 
"The roundel"

    A roundel is wrought as a ring or a starbright sphere, (A)
    With craft of delight and with cunning of sound unsought, (B)
    That the heart of the hearer may smile if to pleasure his ear (A)
        A roundel is wrought. (R)

    Its jewel of music is carven of all or of aught - (B)
    Love, laughter, or mourning - remembrance of rapture or fear - (A)
    That fancy may fashion to hang in the ear of thought. (B)

    As a bird's quick song runs round, and the hearts in us hear (A)
    Pause answer to pause, and again the same strain caught, (B)
    So moves the device whence, round as a pearl or tear, (A)
        A roundel is wrought. (R)

TRADUÇÃO

Na tradução, nem os versos terão a mesma métrica, nem tampouco rimas.
 
"O ROUNDEL"

   Um roundel é feito como um anel ou uma esfera estrelada, (A)
     Com arte de deleite e com astúcia de som não procurada, (B)
     Para que o coração do ouvinte possa sorrir se agradar ao seu ouvido (A)
         Um roundel é feito. (R)

     Sua joia musical é esculpida de tudo ou de nada - (B)
     Amor, riso ou luto - lembrança de êxtase ou medo - (A)
     Essa fantasia pode ficar pendurada no ouvido do pensamento. (B)

Tal canto rápido de um pássaro corre, e nossos corações ouvem (A)
     Pause a resposta para pausar e, novamente, a mesma tensão foi detectada, (B)
     Então, move o dispositivo de onde, redondo tal uma pérola ou lágrima, (A)
         Um roundel é feito. (R) 

Para finalizar, vou compor um roundel para servir de exemplo em português.
Acesse-o no link a seguir.  PARA FAZER UM ROUNDEL

Pintura com imagem do autor (Swinburne) aos 25 anos.
Alberto Valença Lima
Enviado por Alberto Valença Lima em 14/03/2021
Alterado em 14/03/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Caminhos de mim R$10,00
Caminhos de mim (Poesia) R$38,50
Coletânea Ciranda Poetrix R$28,00
Poetrix - Antologia 6 - 20 anos R$29,50
Germinando palavras colhendo poesias - Ser po... R$23,50
Poesia, Palavra é Arte R$30,00
Musas de um Recanto com Letras, Flores e Poes... R$10,00
UBE - 60 ANOS R$20,00
Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneo... R$35,00
Antologia "Poesias sem fronteiras" (Esgotado) R$20,00
Os mais belos poemas de amor - Edição especia... R$40,00