Recanto de Alberto Valença Lima
A mente que se abre a uma nova idéia, jamais voltará ao seu tamanho original. (Albert Einstein)
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Links
Textos

O BANCO DA PRAÇA (Reverbera-Trio)

Alberto Valença Lima

Banco lá daquela praça

Praça onde crianças faziam

Faziam muita arruaça

 

 

Arruaça que queriam

Queriam a não poder mais

Mais vale que uma pirraça

 

Pirraça é coisa de gente

Gente sem ter coração

Coração tem que ser quente

 

Quente pra só dizer não

Não a todas trapalhadas

Trapalhadas são de graça

 

Graça é a menina de branco

Branco é o verso das fadas

Fadas sentadas num banco.

 

 

 

 

Uma bela interação numa primeira tentativa da poetisa Norma Aparecida Silveira Moraes de compor um Reverbera-Trio, que faltou apenas um pequeno detalhe - finalizar o poema com a mesma palavra que o iniciou. 

Para evitar finalizar com um termo inadequado feito "NO", que foi a palavra com que o poema foi iniciado, o ideal é excluir este termo e iniciar o poema com JARDIM. E também carece de um título. Minha sugestão vai ao final.

 

Para ajudar, vou sugerir uma conclusão para o Reverbera-Trio da Norma à parte. Mas agradeço a tentativa e o desejo de prestigiar o experimental que criei.

 

I N T E R A Ç Ã O

Da poetisa Norma Aparecida Silveira Moraes. Fica a minha gratidão.

 

No lindo jardim

jardim bem florido

florido e belo assim

 

Assim é a criançada

criançada bem criativa

criativas e muito abençoadas

 

Abençoadas são as praças

lugares de encontros e amor

amor sem o mal de graça

 

Minha sugestão para a conclusão do Reverbera-Trio acima, de modo a cumprir a regra de sua construção.

O título poedria ser CRIANÇADA NO JARDIM. E poderia acrescentar uma estrofe para concluir com a palavra Lindo, excluindo no verso inicial a palavra NO.

 

O verso inicial ficaria "Lindo jardim" e acrescentaria a seguinte estrofe, apenas como exemplo.

 

Graça que se agiganta

Agiganta com crianças alegres

Alegres num dia lindo.

(Sugestão)

 

_____

Nota 

 

 

Reverbera-Trio é uma criação do poeta Alberto Valença Lima.

Venha também reverberar!!

 

Venha tentar e descobrir, como é fácil e gostoso de fazer o Reverbera-Trio. Por favor, ao publicar, publique como Experimental Geral, e acrescente no título (Reverbera-Trio) entre parêntesis.

 

Encontre as regras na Teoria Literária ou clique no link abaixo.

 

 

REVERBERA-TRIO

 

 

Alberto Valença Lima
Enviado por Alberto Valença Lima em 10/05/2022
Alterado em 19/05/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Caminhos de mim (E-book) R$ 10,00
Caminhos de mim (Poesia) - Livro físico R$ 40,00
Coletânea Ciranda Poetrix R$ 28,00
Poetrix - Antologia 6 - 20 anos R$ 29,50
Germinando palavras colhendo poesias - Ser po... R$ 23,50
Poesia, Palavra é Arte R$ 30,00
Musas de um Recanto com Letras, Flores e Poes... R$ 10,00
UBE - 60 ANOS R$ 20,00
Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneo... R$ 35,00
Antologia "Poesias sem fronteiras" (Esgotado) R$ 20,00
Os mais belos poemas de amor - Edição especia... R$ 40,00