Recanto de Alberto Valença Lima
A mente que se abre a uma nova idéia, jamais voltará ao seu tamanho original. (Albert Einstein)
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Meu Diário
24/05/2018 20h04
Movimento Internacional Poetrix - MIP

Tenho me interessado muito pelo Poetrix e, por tabela, também pelo MIP. Enviei meus poetrix inéditos para participar da Antologia que será lançada no próximo ano em comemoração aos 20 anos da criação do Poetrix, pelo poeta Goulart Gomes, e estou participando do Concurso de Poetrix que está em andamento, promovido pelo MIP.

O Poetrix é um estilo Literário minimalista. E eu estou encantado com a riqueza que o mínimo pode oferecer. Tenho me aprofundado no assunto, escrevi alguns artigos sobre a teoria do Poetrix e de suas variações e tenho pesquisado e composto vários Poetrix e outros poemas com estilo derivado do Poetrix. Em um mês, eu compus mais de 50 Poetrix e cerca de 10 a 15 das formas múltiplas e variações do Poetrix como Clonix, Duplix, Palavratrix, etc.

Consegui adquirir o livro Antologia Poetrix 5, que foi lançado no ano passado, isto é, em 2017, e me deparei com algumas construções fascinantes. Um delas, da poetisa Lilian Maial, que é coordenadora do MIP no Rio de Janeiro, quero compartilhar aqui com você, que me visita. O título é "Senha ******* ".

"teu * gosto *

em * minha * boca *

" : acesso liberado"

Vejam a multipliciidade de possibilidades de interpretação que tem esse poema. A senha é secreta. Daí os asteriscos. Teu gosto, podem ser milhões de coisas: tua pele, tua boca, tua língua, teu pau, tua lembrança, etc. Ela se reperesenta como um computador, ou um telefone, ou uma máquina, aparelho eletrônico. Talvez até um robô. E é o gosto dele (ou dela), que permite o acesso. Acesso a quê? Aí já virão outros milhões de interpretações.


Publicado por Alberto Valença Lima em 24/05/2018 às 20h04
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
22/05/2018 18h13
Um exercício criativo

Descobri um grupo de poetisas e poetas daqui do Recanto das Letras, que exercitam-se a cada 15 dias, elaborado um texto com um tema previamente definido. Procurei me inteirar sobre o grupo e resolvi ingressar.

Enviei meu pedido e, nesta terça-feira, dia 22 de maio de 2018, com um dia de atraso, escrevi o meu primeiro texto sobre o tema "Perdi a viagem", previamente definido, juntamente com outras pessoas do grupo. Os textos são postados sempre nas segundas-feiras.

Para conhecer o meu texto, clique no link a seguir. E para conhecer o grupo, acesse o link que consta no meu texto do link abaixo.

 

Perdi a viagem


Publicado por Alberto Valença Lima em 22/05/2018 às 18h13
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
28/03/2018 12h37
Sérgio Moro

Sérgio Moro

Você assistiu à entrevista do Juiz Sérgio Moro na TV Cultura ontem? Se não viu, terá agora a oportunidade de conferir. Estou disponibilizando abaixo um link para você poder desfrutar de alguns momentos que irão lhe fazer bem.

O vídeo abaixo foi postado pela TV Cultura no Youtube após a entrevista deste juiz que tornou-se uma celebridade nacional.
A entrevista foi veiculada no domingo, dia 26 de março de 2018, no programa Roda Viva daquela emissõra de TV. Viralizou de tal forma a divulgação, que, perto do final do programa, já era o assunto mais comentado no twiter do mundo inteiro.


Foi uma das melhores entrevistas a que já tive oportunidade de assistir. E, ao final, o sentimento que despertou em mim, e em milhões de brasileiros, foi o de ter orgulho de ser brasileiro.

 

Confira o vídeo de 1 hora e meia no link abaixo.
Basta clicar no link para assistir à entrevista.



Entrrevista com Sérgio Moro no Programa Roda Viva na TV Cultura no dia 26 de março de 2018 iniciado às 22h15.


Publicado por Alberto Valença Lima em 28/03/2018 às 12h37
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
21/03/2018 20h32
Pássaros...

Aldravia n$ 50


confiança
passarinho
demonstra
deleitando-se
neste
banho


Veja no filminho abaixo o que significa confiança. E assista a um dos mais belos filminhos que já vi na vida.

 

Banho de pássaro (Confiança)



 

 

* * * * * * * * *

 

Aldravia n$ 49

pássaros
cantam
perfeita
sintonia
harmoniosa
melodia


Poema inspirado nas aldravias gg106 e 107 - "mais dos pássaros" do poeta George Gimenes e na interação para estes poemas da poetisa HLuna todos deste Recanto, a quem agradeço a inspiração.

* * * * * * *

ObservaçãoPeço que deixe, no meu Livro de Visitas , o registro de sua visita aqui no meu Recanto.


Publicado por Alberto Valença Lima em 21/03/2018 às 20h32
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
18/03/2018 09h04
DESAFIO ALTERNATIVO

DESAFIO ALTERNATIVO

Quer ganhar um DVD? Não é piada.
Após atingir 50 participações, juntando as participações dos dois DESAFIOS, isto é, o da foto da "Rosa e Violão" e a foto do "Menino sorrindo", será feito um juri popular para saber qual o melhor Indriso. Quem ganhar, ganha um DVD com um filme à sua escolha dentro de uma lista de 100 (cem) filmes atuais e antigos, de arte e populares.

Obs. Não é 50 em cada um mas, 50 com os dois juntos. Um pode ter 20 e o outro 30 comentários por exemplo.


Não serão considerados os poemas que não tiverem qualquer relação com a foto acima, ou que não respeitarem as regras para construção de um Indriso. Quero lembrar a tod@s que o indriso não é 3-3-2 como algumas pessoas tem postado em suas escrivaninhas. Isto é dito não por mim, mas pelo próprio criador do estilo, o poeta Isidro Iturati. O Indriso é um poema formado por dusa estrofes de 3 versos (tercetos) e duas (02) estrofes de um único verso (monósticos).

Acesse a lista no liink existente no final desta postagem.

Se na lista não constar o filme que você deseja, você ainda pode indicar até 5 filmes, e vou tentar encontrar, ao menos um deles para você. Não garanto nada mas tentarei. 

 

Desafio alternativo

Participe do desafio,
que no meu recanto lhe fiz.
Receberá de prêmio um filme

Quem o melhor indriso fizer.
Pode ser homem ou mulher
A criatividade é de quem quiser.

O desafio é para compor um indriso.

Que tenha na foto inspiração E UM SORRISO.

Autoria de Alberto Valença Lima

  * * * * * * * * *


Deixe nos comentários
A sua melhor canção.

Observação importante

Isto é só uma chamada, uma propaganda. Não é a postagem do desafio. Para acessála, clique no link abaixo.


Para acessar a postagem do Desafio alternativo. Clique no link ao lado.

Você pode também participar do outro desafio clicando no link "outro desafio" para acessar.

 

UM POUCO DE TEORIA LITERÁRIA

 

Como fiz um desafio que inclui a criação de indrisos, sinto-me obrigado a expor, para quem ainda desconhece, uma breve explicação de como compor um INDRISO.
 

INDRISO é um estilo lietrário de poema, criado por Isidro Iturat, espanhol, nascido em Villanueva e la Geltrú, em 1973. Além de escritor, ele também é professor de literatura espanhola. Reside em São Paulo, Brasil, desde o ano de 2005.
 

O INDRISO surgiu como uma variante do Soneto, a mais tradicional das poesias e que, apesar de algumas tentativas, manteve sua forma de 14 versos divididos em duas quadras e dois tercetos, invariável ao longo do tempo. O que era quadra no Soneto, transformou-se em tercetos no Indriso e o que era terceto no Soneto, transformou-se em estrofes de um único verso no Indriso, ficando então o Indriso assim: 3-3-1-1. Ao contrário do Soneto que é invariável a apresentação dos versos, no Indriso, o autor pode alternar a ordem das estrofes fazendo variações como: 1-1-3-3 ou 1-3-1-3 ou 1-3-3-1 ou 3-1-1-3.

Quero lembrar a tod@s que o indriso não é 3-3-2 como algumas pessoas tem postado em suas escrivaninhas. Isto é dito não por mim, mas pelo próprio criador do estilo, o poeta Isidro Iturati. O Indriso é um poema formado por dusa estrofes de 3 versos (tercetos) e duas (02) estrofes de um único verso (monósticos). Então, postar os dois últimos versos como se fossem uma estrofe é uma forma inaceitável de poema se quiser chamá-lo de Indriso.
 

O poeta ou poetisa tem todo direito de formatar o seu poema da forma que lhe aprouver. Mas se fizer isso, não pode se arvorar no direito de chamar indriso um poema cujo formato não é aceito nem pelo próprio criador do estilo. Os versos finais obrigatoriamente estão em estrofes distintas.

Vamos então agora compor um INDRISO? Inspire-se na foto acima e componha seu Indriso nos Comentários. Aceite este desafio.


Fonte de consulta: Site Oceano de Letras, disponível em https://nuhtaradahab.wordpress.com/2012/12/18/isidro-iturat-sobre-o-indriso/ Consultado em 09/09/2018.
 

* * * * * * *

 

LISTA DOS FILMES PARA ESCOLHA DE QUEM VENCER


Publicado por Alberto Valença Lima em 18/03/2018 às 09h04
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 1 de 2 1 2 [próxima»]

Poesia, Palavra é Arte R$30,00
Musas de um Recanto com Letras, Flores e Poes... R$10,00
Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneo... R$35,00
Os mais belos poemas de amor - Edição especia... R$40,00